Seguidores

sábado, 27 de novembro de 2010

Traição?


Coisa muito comum:
Você conheceu um cara, bacana e tal.
Começaram a sair e estão se conhecendo.
Rola até uma programação bacana, sintonia, muita coisa legal.
Saem com certa frequencia, mas não estão namorando. (Ainda?)
Nesse tempo aparecé outro alguém e te chama pra sair, você sai, rola alguma coisa e você acaba indo pra cama.
Você pratica a ação, mas fica um sentimento estranho: não há uma relação efetivada, mas fica um quê de 'culpa' pelo ato realizado.


Sair com alguém, quando se está conhecendo outra pessoa, é traição?
E se não se define se o que se vive é 'namoro' por exemplo, isso é uma justificativa?
A traição é determinada apenas por definições ou há outras interpretações pra isso?
Qual é o limite pra se definir o que é uma traição?

15 comentários:

  1. se eu estou saindo com alguém, conhecendo a pessoa, e fico sabendo que ela transou com outra pessoa, vou ficar meio chateado.

    claro q eu não posso cobrar fidelidade, logo não é traição, mas rola uma decepção pelo fato de a pessoa não estar tão satisfeita com vc qt vc esta com ela.

    essa decepção pode ser irreversível, afinal de contas as coisas só estão no inicio.

    não é um sentimento de culpa pela traição, deve ser um sentimento de culpa por não ter dado oportunidade praquela coisa virar um namoro propriamente dito.

    ResponderExcluir
  2. O que define a traição? Complicado uma vez que cada um tem um ponto de vista,né? Pra mim traição mesmo é você colocar fisicamente outra pessoa na tua vida.Em relação a ter saído com outra pessoa não cometeu traição porque não havia nada definido com o outro,certo?rs Lindo fim de semana. Abraços.

    ResponderExcluir
  3. Muito dificil essas perguntas.. Mas pra mim,s endo bem prático.. Enqto não há uma relação estabelecida verbalmente não há traição.. Tudo fica muito a livre interpretação!!!

    ResponderExcluir
  4. Neste caso eu não considero traição não, e olha que eu sou bem careta quanto a isso. Cada um tem um limiar de traição, mas tem muita gente por aí que o limiar quase não existe e isso eu acho um absurdo. Já cheguei até a discutir com um amigo meu sobre isso. Mas enfim, cada um é cada um...

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que se você não contar para a outra pessoa, já tem algum significado, tanto o ato em si quanto a relação com a outra pessoa. Se há um acordo e ambos estão "liberados", ok, mas se é de um lado só, aí fica a questão... eu me consideraria traído e perderia o interesse na mesma hora, sendo sincero.

    ResponderExcluir
  6. Traição existe apenas quando há um "acordo". Mas se a questão fica martelando, melhor sentar, conversar, e descobrir os termos desse acordo.

    ResponderExcluir
  7. Traição só existe qdo se rompe o vínculo do afeto sem compartilhar isto com o companheiro[a] ...

    ;-)

    ResponderExcluir
  8. Pessoalmente, eu tenho uma característica: se estou de fato envolvido/encantado por alguém some qualquer vontade de outra pesssoa. Mas acho importante definir o que se tem com alguém justamente por isto, evitar ambiguidades. Bj

    ResponderExcluir
  9. Se não há contratos, não existe quebra do mesmo. Traição prescinde de relação contratual registrada em cartório e com testemunhas, se não há isso,se jogue !

    bjs

    ResponderExcluir
  10. Pra mim, enquanto não existe um compromisso de comum acordo, não existe traição. Como trair em uma relação que ainda não existe?

    Um beijo Sam!

    ResponderExcluir
  11. Falando sério... Por que toda a vez que se discute "traição", sempre tem um papo de moralismo e o referencial aprendido de relacionamento é sempre o heterossexual?
    Não gosto nem da palavra, por isso a coloco entre aspas. Prefiro a palavra Lealdade. Traição tem também a ver com o cristianismo, o beijo de Judas, o traidor bíblico, em Cristo...
    Considero, isto sim, que há outras "traições" bem mais fortes e piores, dentro de um relacionamento, que a apenas sexual, que muitas vezes é uma mera satisfação da libido. Vi umas deslealdades horríveis na minha vida: um que abandonou o outro quando este ficou doente; um que abandonou o outro quando este ficou em situação financeira ruim e desempregado; outro que abandonou o um largando um projeto em comum pela metade, por que recebeu uma proposta de trabalho no exterior... outro que tinha tanto medo de "ser traído", mas tanto, que invadia os emails de um e também o celular, investigando mensagens, ligações e torpedos...
    Vale a pena viver assim? Isso seria amor? Tenho lá as minhas dúvidas... acho que existem milhares de formas de relacionamento, sem precisarmos repetir padrões e cobranças, julgamentos e infelicidades da sociedade heteronormativa.
    Ricardo
    aguieiras2002@yahoo.com.br

    ResponderExcluir
  12. acho q traição rola qdo vc esta oficializado com alguem e fica com outro alguem. se esta apenas na fase do 'se conhecendo melhor', nao tem traição...
    whatever

    bjs do voy

    ResponderExcluir
  13. Fato complicado, porém muito comum... Não considero isso traição,pois ambos nao assumiram compromisso sério, e a fila não pode parar por causa de um ficante nos quais nem saberás se ficarão novamente...
    Mas vai da consciência da pessoa, eu mesmo não me sentiria bem agindo dessa forma.

    ResponderExcluir
  14. Aconteceu algo parecido comigo. Me senti mal, mas não acho que é traição. Eu sou um cara muito resolvido quanto a isso, sei o que eu quero, se estou saindo com alguém e a pessoa "me deixa" solto, solto ficarei, o outro só corre o risco de eu conhecer outra pessoa, gostar e ela me prender.

    ResponderExcluir
  15. Claro que não... isso é no mínimo azar de quem te perdeu! Acho eu...

    ResponderExcluir