Seguidores

quarta-feira, 18 de maio de 2011

Gente Diferenciada, Nordestinos e Jair (Bolsonara)


Semana passada foi a semana do preconceito nas redes sociais: Jair Bolsonaro, do alto da sua ignorância retumbante, afirmara que a cartilha de combate a homofobia teria o incrível poder de transformar as crianças do país em gays. Ofendeu a senadora Marinor Brito após a tentativa de votação da PL122 chamando-a de heterofóbica como aquela pessoa cínica que quando você mostra o que fez diz que a culpa, era sua.
Foi a semana da frase infame da internauta Amanda Régis que decepcionada com a desclassificação do Flamengo para o Ceará escreveu ofensas contra os nordestinos no Twitter: ("pardos, bugres, índios acham que tem moral, cambada de feios") como ela mesma desginou.
Foi a semana em que os moradores do bairro abastado de Higienópolis, se uniram para retirar uma estação de metrô do seu bairro (não leitores, não é piada) cujo ato foi personificado nas mediocres palavras da psicóloga Guiomar Ferreira - isso mesmo: psicóloga - afirmou que a estação traria 'gente diferenciada' para o bairro como drogados, mendigos e, enfim, faltou acrescentar: pobres de todo o gênero. Posteriormente a mesma negou.
Foi a semana em que Rafinha Bastos, dito uma das pessoas mais influentes do twitter segundo NYT disse que "toda mulher que se diz vítima de estupro é feia". O estuprador, então, 'não merece pena, mas um abraço', se desculpou após a repercussão negativa da sua fala, e seu coléga de emissora, Danilo Gentili publicou no mesmo twitter uma piada infame sobre o Holocausto, para justificar uma imaginária aversão de judeus a vagões, sem compreender o que havia de preconceito de classe no repúdio ao Metrô em Higienópolis, e não outra coisa.
São situações que foram expostas devido a visibilidade dada pelo repúdio em massa da população a certas idéias segregadoras.
O churrascão de higienópolis - que surgiu como protesto no Facebook - que reuniu quase mil pessoas rasgando carne, comendo farofas em marmitas na frente do luxuoso shopping center foi certamente uma das manifestações mais inteligentes que vi e testemunhei, sem líderes, organizada de forma pacífica e bem humorada.
A repercussão contra as atitudes de Bolsonaro também são efeito dessa indignação que deve ser manifestada.
Talvez seja o início de uma mudança, como apontou em opniões magnifícas em unanimidade, os juízes do STF quando reconheceram a 'união estável homoafetiva' como um direito que já deveria ter sido dado a tempos.
E ainda ouviremos gente como os Malafaias e Bolsonaros falarem absurdos - o primeiro essa semana afirmou que 'demos uma colher de chá pra voces, aprovamos a união civil' em seu programa de tv, como se os juízes do STF estivessem sob a ordem dele (acho que ele esqueceu das hastags #chupamalafaia e #todoscrentechora que naquele dia foram 2° e 3° nos TT) - , mas são vozes que serão cada vez mais solitárias se as pessoas de bem manifestarem seu repúdio a elas.

Vale para leitura essa carta publicada no JB semana passada que está no link permanente sob a imagem 'bolsonaro não' e artigo publicado no Terra Magazine tratando do assunto.

E para quem quer se divertir seguem dois perfis de twitter: a @bolsonara que nada mais é que o Bolsonaro travesthy e o @pastorsalafraia seu respectivo esposo que é o macho da relação. Ambos são blogayros que vocês conhecem. rá!
Divirtam-se.

7 comentários:

  1. É, vivemos em tempos doidos ! Ao mesmo tempo que percebo uma corrente conservadora ganhando força no país, vejo também uma população mais esclarecida conseguindo manter suas conquistas e conquistando outras. Apesar de malafaias e bolsonaros, o Brasil começa a entender o que é direito e democracia e de suas funções na sociedade

    Abs

    ResponderExcluir
  2. O bom disso tudo é de fato ver a negativa do nosso público que em geral é tão pacífico diante disso tudo... Não haver aplausos é um ótimo sinal...

    PS. Eu queria muito tah no churrascão, muito meeeeesmo...

    ResponderExcluir
  3. repúdio a essa gente... faltou o ed motta nessa lista de pessoas "a exterminar". beijo!

    ResponderExcluir
  4. Mundo estranho esse nosso, né?
    www.confissoesaesmo.com

    ResponderExcluir
  5. De verdade, esqueci de citar no texto o Ed MARmotta.

    ResponderExcluir
  6. li seu post
    interessante!
    entra no meu blog
    nova postagem
    deixe seu dedo de prosa
    beijos

    rafa
    www.mundocalvin.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Pois é Autor, mas as coisas estão mudando.

    ResponderExcluir