Seguidores

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Insensata Decisão: Novela, os Deputados evangélicos e a Hipocrisia.


"De acordo com a coluna Zapping, do jornal Agora São Paulo, tem crescido a torcida nos bastidores de Insensato Coração, da Globo, para que o casal gay Eduardo (Rodrigo Andrade) e Hugo (Marcos Damigo) seja assassinado no fim da trama, pois esta seria o único desfecho impactante para os personagens, que sofrem censura e cenas de corte a pedido da direção da Globo.

No último bloco de capítulos recebido pelo elenco consta a morte do casal, mas muitos acreditam que seja uma forma de os autores confundirem os profissionais que divulgam os capítulos para a imprensa."

Fonte: Terra

Ontem estava lendo a entrevista do Aguinaldo Silva a Veja e as avaliações do Tony Goes e do Muque de Peão. Constatei que além de encaramos a questão da aceitação da sociedade no geral, temos ainda as arestas com os gays de outras gerações, que não são favoráeis a temas como adoção e casamento por muitas razões listadas pelos nossos amigos acima.

Pra completar, eu assisti a belíssima reportagem do CQC escrachando o preconceito que existe na sociedade, se é montagem ou não, eu não sei, mas é bem por aí a famigerada sociedade.




Enquanto eu pensava 'Tudo começou a girar, girar" nem tempo eu tive porque hoje eu li na Folha uma matéria intitulada "Sucesso eletoral da Assembléia de Deus é maior que o do PT" onde o jornal disseca a questão eleitoral no país onde cada vez mais se elegem deputados ligados a igreja. Essa análise é interessante:

".....Antes das eleições de 2010, o deputado federal Ronaldo Fonseca (PR-DF) reuniu-se com José Wellington Bezerra, presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus, para escolher pastores e lideranças da igreja com bom potencial eleitoral. Fecharam a lista em 30 nomes. Conseguiram eleger 22 deles, um percentual assombroso de 73,3% de sucesso. Não há partido político no Brasil com tamanho êxito: o PT, por exemplo, dono da maior bancada da Câmara, lançou 334 candidatos a deputado federal e elegeu 88 deles (26,3%)."


Eles conseguem proporcionalmente eleger mais deputados que o PT, partido atualmente mais popular do país.
Esse é sinceramente o modelo eleitoral que mais me assusta afinal corrpução aliada ao fanatismo religioso boa coisa não vai dar.
Tanto que já há movimentos como essa "Marcha do Estado Laico" no Facebook, afinal não sou eu nem você apenas que vemos o perigo que a democracia corre.

- Berenice, nós vamos bater.

8 comentários:

  1. Não sou a Regina Duarte (aliás, graças a Deus), mas eu tenho muito medo. Tenho pavor desse tipo de coisa.

    ResponderExcluir
  2. eu acho que já batemos há muito tempo!

    ResponderExcluir
  3. adorei a lembrança da berenice.

    mas é bem isso. estamos prestes a bater.

    ResponderExcluir
  4. exato, segura, nós vamos bater... e explodir.

    ResponderExcluir
  5. RAFINHA BASTOS QUERENDO FAZER AS PAZES!

    ResponderExcluir
  6. E a aprovação inicial do dia do Orgulho Hétero? Como lidar?

    E eu até estava acompanhando a novela, mas comecei a perceber uma desconexão tamanhã de cenas... quando descobri que estavam fazendo cortes, desanimei legal.

    Beijo SAM, seu louco! Adorei te conhecer hahaha

    ResponderExcluir
  7. Humberto: "Eu tenho medo." (Regina Duarte, eleições presidenciais de 2002)

    BRACCINI: "Tudo começou a girar..." (Leila Lopes, avistando o pior)

    SERGINNHO: "Alô? É da Porto Seguro?'

    FOXX: "é"

    MANS: Aceita?

    LOBO: Também adorei!

    ResponderExcluir